Blog

Como os exercícios físicos podem ajudar no combate a falta de disposição?

14 de maio
Muitas vezes as rotinas de trabalho, faculdade e família podem ser cansativas. Isso pode trazer muita falta de disposição com o passar do tempo, o que torna as rotinas mais estressantes e passar pelas situações diárias pode ficar mais difícil.
 
A falta de disposição pode estar ligada a falta de exercícios, mas mesmo quem já é adepto da prática regular de atividades físicas, em algum momento, pode se deixar levar pelo cansaço e abandonar a rotina de treinos. 
 
Algumas situações podem gerar essa indisposição, como por exemplo: 
 
Alta carga de estresse - por conta da fadiga física e mental gerada pelo excesso de preocupações e/ou situações sob pressão;
Excesso de café - a ingestão frequente de doses elevadas de cafeína (acima de 400 mg) atrapalha a qualidade do sono, tão necessário para o corpo se recuperar;
Álcool sem moderação - beber uma grande quantidade de bebidas alcoólicas é prejudicial, pois o álcool desidrata, prejudica o sono e afeta a produção hormonal;
Falta de carboidratos - sem uma reserva de glicogênio (provenientes da glicose), o corpo fica sem energia. Por isso, fuja de dietas restritivas e evite a deficiência de nutrientes, alimentando-se de maneira equilibrada.
 
A partir da identificação de alguns problemas, podemos citar possíveis soluções para a sua falta de disposição. Lembrando! Sempre que sentir uma indisposição que não melhore, procure a ajuda de profissionais. Confira:
 
- Preparar-se com antecedência: deixar a mala da academia (com roupa de ginástica, e outros itens essenciais) pronta no dia anterior ajuda a não faltar o treino;
- Encontrar um companheiro de treino: pode ser um amigo ou alguém do trabalho, ou até mesmo sua namorada (o), o importante é que, quando um desanimar, o outro fornece o estímulo necessário;
- Desafiar-se: estabeleça pequenas metas (correr um pouco mais, aumentar os pesos ou encarar uma aula diferente de tempos em tempos) e supere a si mesmo;
- Montar uma playlist empolgante: as músicas interferem no estado de espírito e ajudam, especialmente, na hora de superar os limites;
- Não exagerar: a frequência e a intensidade dos exercícios devem ser individualizadas, de acordo com as necessidades e capacidades de cada um, visto que o excesso pode levar a lesões. Por isso, o acompanhamento profissional e o respeito à recuperação pós-treino são fundamentais;
- Escolher algo agradável: ter prazer durante as atividades é meio caminho andado para pegar firme e colocar você na rotina. Se não gosta de musculação, por exemplo, não force a barra e substitua por uma modalidade do seu perfil.
 
Assim, você pode combater a falta de disposição, além de praticar exercícios físicos regulares, que geram consequências positivas tanto na vida pessoal, quanto profissional e social. Por isso que cada vez mais pessoas buscam maneiras viáveis de incluí-los em suas rotinas, por mais agitadas que sejam. 
 
Essas são apenas algumas opções que você pode adaptar na sua rotina, mas lembre-se de não forçar a barra! Respeite seu limite e o seu corpo. É importante se manter ativo, mas, principalmente, se manter feliz com você mesmo. 
 
Para isso você pode contar com a Bohrer para combater a falta de disposição! Possuímos uma ampla variedade de exercícios que combinam com o seu estilo. 
 
Além disso, estamos respeitando todas as orientações dos órgãos de saúde, para proporcionar aos alunos uma prática segura, confira clicando aqui!
 
Nossos canais de atendimento segue a disposição para possíveis dúvidas e sugestões:
 
(54) 3027.3057 - (54) 9 9114.7427
 
Voltar

Parceiros

Olá, como podemos ajudá-lo?